Notícias

Auxílio Emergencial: Presidente da caixa informa quando segunda parcela será paga

O presidente da caixa divulgou a nova data durante a transmissão ao vivo ao lado do presidente Bolsonaro

Pedro Guimarães, anunciou durante a transmissão ao vivo que fez com o presidente Bolsonaro que a partir da próxima segunda a segunda parcela será depositada

Segundo o presidente da caixa, o pagamento será distribuído obedecendo a data de nascimento dos beneficiários. O cronograma exato de como ficará os dias de pagamento será divulgado amanhã, 15 de maio, às 15h.

A Caixa tinha completado duas semanas sem realizar novos pagamentos do auxílio emergencial. Evidenciado no último balanço dos pagamentos divulgado pela caixa econômica federal, na terça-feira, 13 de maio, apontava que haviam sido pagos cerca R$ 36 bilhões a 50 milhões de brasileiros – mesmos números informados desde 30 de abril.

Primeira parcela pendente

O presidente da caixa disse também que, entre 15 e 15 de maio, mais um “lote” de pagamentos referente à primeira parcela serão creditados. Devem ser adicionadas, nesse estágio, pessoas que tiveram problemas no cadastro e, por isso, ainda estavam com o benefício pendente.

Guimarães não disse quantas pessoas serão incluídas nesse pagamento, e nem se terá outros pagamentos da primeira parcela do auxílio nas próximas semanas.

Até hoje, mesmo quem já recebeu a primeira parcela sem problemas ainda não tinha a confirmação dos pagamentos seguintes. Só os trabalhadores que já são beneficiários do Bolsa Família têm data certa para receber, já que os pagamentos seguem o calendário do Bolsa.’

Milhões de brasileiros ainda aguardam o resultado do benefício, sem saber se – ou quando – vão receber.

Conta digital para todos

Guimarães também disse que o banco está criando contas digitais para todos os beneficiários do auxílio emergencial.

A Caixa criou 20 milhões de contas desse tipo para o pagamento da primeira parcela, direcionadas para quem ainda não tinha conta bancária nem cartão do Cadastro Único do governo federal, o famoso CadÚnico – ou seja, aqueles não tinham nenhuma alternativa para receber o auxílio emergencial.

Cerca de 30 milhões de beneficiários receberam o pagamento em contas bancárias já existentes, ou no cartão do Bolsa Família. Agora, segundo o presidente da caixa, essas pessoas passarão a receber o auxílio em uma conta digital da Caixa.

Assim como o cronograma, os detalhes só serão divulgados na tarde amanhã.

“É muito importante, porque você consegue fazer essa movimentação pelo celular. Isso é uma novidade: nós tínhamos 20 milhões de contas e agora, já para a segunda parcela, teremos 50 milhões de contas digitais” Pedro Guimarães, presidente da caixa

Ferramenta permite consultar o motivo da exlusão

Além disso, todos os cidadãos que solicitaram o auxílio emergencial de R$ 600 terão acesso a uma nova ferramenta disponibilizada pelo governo para consultar a situação da sua solicitação. Além do portal e do aplicativo da Caixa, os solicitantes poderão acompanhar, a partir de hoje, 5 de maio, o detalhamento dos seus pedidos por meio dos seguintes endereços: www.cidadania.gov.br/consultaauxilio e https://consultaauxilio.dataprev.gov.br .

Os brasileiros poderão acompanhar todos os detalhes da sua solicitação, como:

  • Resultados;
  • Datas de recebimento e envio dos dados pela Caixa à Dataprev e vice-versa;
  • Motivação da negativa do benefício;
  • Análise da segunda solicitação.

O portal já está disponível para pesquisas do CPFs dos solicitantes. Segundo o governo, esse portal tem oo objetivo de dar transparência ao processo de análise, processamento, homologação e pagamento do benefício.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, desabilite o adblocker para visualizar vagas